O QUE LEVAR EM CONTA NA CAPTAÇÃO DE RECURSOS DO BNDES

O QUE LEVAR EM CONTA NA CAPTAÇÃO DE RECURSOS DO BNDES

Qual a diferença da captação de recursos para sobrevivência e para investimento?

Recentemente temos visto muitas postagens sobre como negociar com fornecedores, alongar pagamentos e preservar o fluxo de caixa. Manter a atividade, honrar os compromissos sociais, tributários e fornecedores está sendo uma tarefa desafiadora para a maioria das empresas após o advento do Novo Coronavírus.

Contudo, simplesmente esquecemos de que o sistema bancário brasileiro está capitalizado e com disposição para ajudar a recuperar o país. Naturalmente ele terá sua remuneração por isto.  Inclusive bancos comerciais, BNDES, FINEP e agências de fomento estaduais têm se esforçado para oferecer linhas emergenciais para capital de giro, a fim de ajudar os empreendedores neste momento de crise.

Investimento

Se você está pensando em captar recursos do mercado financeiro para ajudar a sua empresa, um dos fatores mais importantes é não deixar a despesa financeira prejudicar a rentabilidade do negócio, ou seja, não podemos perder de vista as taxas e custo financeiro envolvidos nas operações de crédito, pois isto afeta todo o resultado do negócio, bem como todo o capital financeiro para aquisição de estoques, máquinas e equipamentos.

Quando buscamos a captação de recursos é indispensável diferenciar claramente a captação para investimento e crescimento e a alavancagem para sobrevivência do negócio em tempos de crise.

A captação financeira para investimento resulta da participação de recursos de terceiros na composição de capital da empresa. A decisão de usar a captação financeira depende não apenas de uma expectativa de rentabilidade dos investimentos a serem realizados com recursos de terceiros mas, também dos custos desse empréstimo (i.e. taxas, IOF, despesas, cartórios, etc…).

Faz-se necessário considerar a influência desse acréscimo de endividamento na estrutura financeira da empresa, bem como o risco financeiro envolvido, a curto, médio e longo prazos. Em outras palavras quando uma empresa detém recursos de terceiros a um custo baixo ela multiplica a sua capacidade de realizar ações de inovação e geração de novos negócios ou até o lançamento de produtos que somente com seus recursos não poderia fazê-los.

Sobrevivência

Já, a alavancagem para sobrevivência do negócio é algo muito mais crítico e deve ser feito apenas com planos claros de utilização dos recursos, pois não basta apenas uma sobrevida, o foco é utilizar os recursos para assegurar que a empresa supere o tempo de crise e que no futuro ainda tenha condições de amortizar a captação. Isso não necessariamente quer dizer que uma alavancagem para sobrevivência do negócio é exclusiva para empresas com poucos recursos.

É também crucial avaliar as possibilidades de negócios saudáveis para garantir a preservação do fluxo de caixa sem comprometer seus stakeholders. Alguns bancos e agências de fomento estão com taxas subsidiadas, que sinalizam um apoio importante ao empresário neste momento de crise por que passamos.

Ajuda especializada

Em ambos os casos, deve-se levar em consideração o custo efetivo total da operação, não somente a taxa nominal, mas avaliar informações como, o tempo de carência, impostos, IOF. e taxas acessórias. É nesta fase de análise que uma assessoria como a da 4C Innovation Consulting pode fazer a diferença, com orientação sobre as melhores linhas de crédito disponíveis e apoio nas negociações. Nosso trabalho também é direcionado para que sua empresas possa ter todas as informações ao captar recursos para o crescimento da empresa com a inovação e o desenvolvimento de novos produtos. Acesse e solicite um Diagnóstico.